Crie um site como este com o WordPress.com
Comece agora

Como é a educação financeira no Brasil?

O índice de inadimplentes do Brasil é bem alto, isso porque a educação financeira em nosso país praticamente não existe. Quando alguém fala sobre esse tema, a maioria das pessoas já pensam em planilhas de gastos gigantes, números e fórmulas impossíveis de fazer sem conhecimento prévio, porém, não precisa ser um assunto chato, na verdade pode ser muito interessante, visto que, sua saúde financeira depende disso. Vamos te mostrar que tudo é uma questão de criar hábitos e mudança de vida. 

O que é exatamente educação financeira?

O propósito da educação financeira é de auxiliar os consumidores na administração de seus gastos e rendimentos, calculando e fazendo equilíbrio entre o que entra e o que sai, para que ocorra o consumo consciente de gastos e ajuda na tomada de decisões.   

Muitas pessoas pensam que educação financeira é o mesmo que investir, mas não são a mesma coisa, elas se completam, porém não se misturam. 

Vamos começar pela definição de cada uma delas:

Educação financeira: É a ciência que estuda o comportamento humano em relação ao dinheiro, trabalha na diferenciação entre o ser e o ter. E como ter autonomia do seu dinheiro, controle sobre ele, para a tão desejada independência financeira.  

É onde os indivíduos melhoram sua compreensão através de conhecimento com informações, cursos e orientações. 

Após você ter essa noção de educação financeira você pode partir para o próximo passo, que seria o investimento, que nada mais é potencializar o seu dinheiro. Vamos para a definição do que é investir para você entender de maneira mais clara. 

Investir: É o ato de aplicar capital com a expectativo de um retorno futuro, ou seja, um rendimento sobre o dinheiro investido como, juros, dividendos ou lucros. Para que ocorra sucesso em seus investimentos, você tem que entender o risco x retorno de suas aplicações, explicamos com detalhes sobre esse assunto em nosso post

Qual a importância da educação financeira nas escolas? 

Ações individuais quando somadas influenciam o meio social e financeiro em que vivemos, as escolhas que fazemos durante cada dia influencia nossa vida, e muitas dessas escolhas tem a ver com a parte financeira, então é importante consumir e poupar de modo mais consciente, tendo em mente que os recursos são finitos, a importância de economizar se torna mais evidente e necessária e quanto antes esse aprendizado acontecer, melhor não é mesmo? Pois assim, asseguramos nossa segurança e tranquilidade presente e futura.   

Educação financeira nas escolas é um meio de perceber desde cedo como nossas escolhas e ações estão conectadas influenciando diretamente nossa vida, para tomar decisões corretas é importante saber olhar adiante e ter uma cabeça fria e racional, com esse ensinamento desde a escola facilitaria a vida de um jovem adulto por exemplo.

Já entendemos o que é educação financeira, qual a diferença dela com investimento e a importância desse aprendizado na infância, mas ainda não sabemos como obter essa prática. É o que vamos responder na próxima pergunta. 

Como ter educação financeira?

Primeiro você tem que aprender a ter a cultura de guardar dinheiro, o que não é fácil, pois para isso, temos que mudar nossos conceitos, já que isso está enraizado na cultura de nosso país. 

Uma outra dica é que você entenda a sua rotina de gastos pessoais, você só vai começar a evoluir financeiramente a partir do momento de ter um bom controle sobre seus gastos e rendimentos. 

Disponibilizamos em nosso post, uma planilha para controle pessoais de gasto, é só você baixar e preencher corretamente.

Outra dica bem importante também é, sempre estudar, desenvolvemos vários posts educativos a respeito de educação financeira, tipos de investimentos e relacionados ao mundo de criptomoedas. 

The post Como é a educação financeira no Brasil? appeared first on Foxbit .

Publicidade

E-VOLVE INVESTIMENTOS – Saiba tudo sobre Evolve, cadastre-se aqui!

E-VOLVE INVESTIMENTOS – Saiba tudo sobre Evolve, cadastre-se aqui! este artigo foi publicado primeiro em https://www.vemsertrader.com.br

INVESTIMENTO E-VOLVE – Saiba tudo sobre Investimento na Evolve, como funciona e como investir!

Neste vídeo eu falo TUDO sobre investimento na E-volve. Como funciona e como Investir na Evolve. VÍDEO RÁPIDO E COMPLETO! ✅ LINK DE CADASTRO: 👉🏼 https://ift.tt/2TNRMhT 💻 SITE EXPLICATIVO: 👉🏼 https://ift.tt/2SdCe4F ✔👍🏼 QUER SE ATIVAR E NÃO TEM BITCOINS? Me chama no zap: http://bit.ly/zap-Rafael-Silvestre (informe sobre o que quer conversar: ativação e-volve) 🏢 SOBRE A E-VOLVE A E-volve é uma plataforma de investimentos que atua a nível internacional, fundada e presidida pelo CEO Simone Volpi, Italiano super renomado, milionário no setor de criptomoedas e gestão de grandes empresas. ⭐ PLANO ADESÃO: €50 Euros O único plano existente na E-volve, após estar ativo você terá acesso completo ao escritório virtual para investir e indicar pessoas empreender. – PAGAMENTO COM SALDO E-VOLVE OU BITCOIN. 💵 SOBRE O INVESTIMENTO E-VOLVE Após estar ativo você poderá investir o valor mínimo de €20 Euros até o valor máximo de €100.000 Euros por conta. Você ganhará de segunda a sexta feira, no domingo a empresa libera seus ganhos para sacar. 💳 SAQUE NA E-VOLVE Você poderá sacar toda segunda-feira. O primeiro saque é de no mínimo 100 euros, demais saques o mínimo será 50 euros e o máximo 10.000 euros. A taxa para saque é de 5% para qualquer valor. SACA DIRETO PARA SUA CARTEIRA BITCOIN ▶ PLAYLIST COMPLETA E-VOLVE: https://www.youtube.com/playlist?list=PLZ-7Z5yy8xUQuB7lo11z7grf9-ht_rWvO Veja neste vídeo: ● 0:18 – PLANO E-VOLVE ● 0:51 – COMO FUNCIONA INVESTIMENTO E-VOLVE ● 1:51 – COMO INVESTIR NA E-VOLVE ● 2:27 – RENDIMENTOS E-VOLVE ● 4:37 – DÚVIDAS FREQUENTES EVOLVE 👍🏼 SIGA MINHAS REDES SOCIAIS: Facebook: https://ift.tt/2NOfiaI Instagram: https://ift.tt/2TNRMOV Youtube: https://www.youtube.com/c/RafaelSilvestrebr

Assista este vídeo no Youtube: INVESTIMENTO E-VOLVE – Saiba tudo sobre Investimento na Evolve, como funciona e como investir!

INVESTIMENTO E-VOLVE – Saiba tudo sobre Investimento na Evolve, como funciona e como investir! este artigo foi publicado primeiro em https://www.vemsertrader.com.br

Valorização do Bitcoin em 2020 ultrapassa ganhos do S&P 500 durante todo 2019

2020 tem se apresentado um bom para o Bitcoin (BTC). Baseado em diversos fatores, analistas acreditam que a valorização do principal criptoativo do mercado continuará, afinal, ele iniciou o ano sendo cotado a cerca de US$7.250 e apenas 30 dias depois, seu preço saltou para US$9.300, conforme mostram dados da Coinmarketcap.

Depois de ser coroado o investimento mais lucrativo da última década, o Bitcoin continuou em um movimento otimista este ano. O valor de mercado do criptoativo aumentou cerca de 30% no últimos 30 dias. Em comparação, o S&P 500, um dos principais índices de ações dos Estados Unidos, alcançou ganhos de 29% em todo o ano de 2019.

Segundo o artigo do New York Times, o ano passado também foi um dos melhores anos para o mercado de ações dos EUA. Em seu artigo, a agência de notícias norte-americana cita que os investidores não se importaram com o enredo político turbulento vivenciado em 2019.

imagem com bitcoin subindo de preço

O mercado de ações chegou ao seu melhor ano em duas décadas. Os preços das ações foram impulsionados por um mero otimismo. E o Federal Reserve também merece crédito por reduzir as taxas de juros nos EUA, apesar das carrancas de uma Casa Branca que queria mais.

Até dezembro, o S&P valorizou apenas 29%. Mas o mercado subiu gradualmente à medida em que os investidores passavam pelo ano turbulento. Desde meados de outubro, as ações não tiveram um único ganho diário de mais de 1%.

Com a incerteza, os investidores dos EUA viram o que gostaram: o crescimento do emprego continuou, os consumidores norte-americanos continuaram gastando, e a tagarelice do presidente Trump sobre a guerra comercial acabou dando lugar a promessas de um acordo inicial com a China.

Em dezembro, várias medidas importantes de crescimento sugeriram que uma recessão nos Estados Unidos dificilmente arruinaria o partido em breve. As principais empresas norte-americanas relataram que seus lucros continuaram e até o setor de tecnologia mostrou resiliência diante de vários ataques de candidatos à presidência e do Congresso.

Segundo o NYT:

“Ainda assim, os analistas do mercado de ações estão alertando contra a exuberância total. As forças que levantaram as ações este ano (2019) podem desaparecer e os investidores enfrentarão um novo conjunto de riscos em 2020 – a saber, que a expansão de longo prazo do mercado de trabalho pode terminar e os lucros das empresas podem começar a ficar aquém das expectativas. Todos os bons ciclos de negócios terminam e sempre há uma recessão em algum lugar ao virar da esquina.”

Independente do mercado de ações dos Estados Unidos seguir em alta este ano, isso parece não assustar o Bitcoin, que iniciou o ano de 2020 de vento e polpa.

Por CriptoFácil

E-VOLVE INVESTIMENTOS – Apresentação completa Evolve – Como investir na Evolve – Formas de Ganhos!

Watch on YouTube here: E-VOLVE INVESTIMENTOS – Apresentação completa Evolve – Como investir na Evolve – Formas de Ganhos!

E-VOLVE INVESTIMENTOS – Apresentação completa Evolve – Como investir na Evolve – Formas de Ganhos! este artigo foi publicado primeiro em https://www.vemsertrader.com.br

Bitcoin “escapa” de selloff com coronavírus, salta mais de 4% e volta para US$ 9 mil

SÃO PAULO – Enquanto os mercados globais passam por um dia de “selloff” por conta dos temores do avanço do coronavírus chinês, os criptoativos se mostram cada vez mais como uma alternativa dos investidores a estes momentos e sobem forte nesta segunda-feira (27).

Por volta das 18h (horário de Brasília), o Bitcoin registrava alta de 4,47%, cotado a US$ 8.964 – no Brasil a valorização era de 4,98%, a R$ 37.668 -, enquanto o Ibovespa recuava 3,30%, a 114.500 pontos e o Dow Jones caía 1,44%, para 28.578 pontos.

Como comparação, o ouro, um dos ativos mais seguros do mundo, tem alta de 0,58%, a US$ 1.581, reforçando o momento de busca por proteção por parte dos investidores pelo mundo.

O grande aumento de casos registrados do coronavírus pelo mundo durante o fim de semana desencadeou um cenário de pânico nos mercados conforme os investidores temem os impactos econômicos que esta crise de saúde pode causar.

Se o vírus se tornar uma pandemia, dois dos setores mais prejudicados seriam turismo e comércio, não só na China, que é a segunda maior economia do mundo, como em outros países, podendo prejudicar o crescimento econômico global.

“A baixa correlação com os demais ativos financeiros em conjunto com o temor dos desdobramentos do coronavírus impulsionou o preço do Bitcoin”, explica o especialista em criptoativos e diretor da Associação Brasileira de Criptoeconomia (ABCripto), Safiri Felix.

“A demanda dos chineses que procuram o Bitcoin como ativo de proteção já se manifestou anteriormente e tende a se intensificar em caso de agravamento do quadro de pânico”, afirma ele lembrando de outros cenários em que as criptomoedas subiram em meio à tensão, como na guerra comercial entre Estados Unidos e China ou a crise argentina.

Há dez dias, no painel sobre criptoativos do Onde Investir 2020, Safiri ressaltou três fatores que podem ajudar o Bitcoin a subir este ano mesmo após dobrar de valor no ano passado, e entre eles está exatamente o seu uso como “ouro digital”, ou seja, o fato de ele ser usado como ativo de proteção em momentos de tensão.

Completando a visão positiva para a moeda digital, ele citou ainda o halving (redução pela metade da oferta de novos Bitcoins), esperado para maio, e também o que chamou de “financeirização do Bitcoin”, ou seja, o surgimento de novos produtos financeiros que usam o Bitcoin como lastro.

Junto com o Bitcoin, praticamente todas as maiores criptomoedas também sobem forte. Chamam atenção principalmente o Bitcoin Cash, com ganhos de 7% e o Bitcoin SV, que sobe 12%. Já o EOS salta 9%, ao passo que o Cardano avança 8%.

Invista em bitcoins com segurança, facilidade e taxa ZERO: abra uma conta gratuita na XDEX

The post Bitcoin “escapa” de selloff com coronavírus, salta mais de 4% e volta para US$ 9 mil appeared first on InfoMoney.