Onde investir no segundo semestre, segundo gestoras de fundos

Mesmo com o aumento do sobe e desce do mercado com o aumento das incertezas provocadas pela crise da pandemia, o investidor se vê hoje sem alternativas: o Brasil está com juros na mínima histórica. em 2,25% ao ano. No mundo, diversos países já registram juros negativos. Nesse cenário, onde é melhor investir no segundo semestre do ano?

A especialista em fundos da EXAME Research, Juliana Machado, recebeu em uma live Aline Cardoso, gestora da Trafalgar Investimentos, e Sara Delfim, gestora da Dahlia Capital, para compartilharem suas visões para investimentos no restante do ano.

Delfim aponta que a estratégia da gestora não mudou muito. A Dahlia estava otimista com a economia brasileira, mas após a crise provocada pelo novo coronavirus diz ter reduzido sua exposição à bolsa e aumentado proteções. Contudo, desde então essa exposição já aumentou novamente. “Investimos tanto na bolsa brasileira quanto na americana, pro meio dos ETFs (fundos de índice), principalmente dólar e juros”.

Na sua opinião, o cenário atual é propício para que ativos reais, como ações, imóveis e dólar, continuem a se valorizar. “As empresas que estão na bolsa são as melhores de cada segmento da economia. Elas acabam se diferenciando em qualquer cenário. Aproveitamos a oportunidade causada pela desvalorização dos papéis para recomprar empresas que já tínhamos no portfólio e apostamos na bolsa americana. Como não temos habilidade para escolher papéis específicos lá fora preferimos os ETFs”.

Cardoso também aponta que, pré-pandemia, a Trafalgar via o Brasil no início de um ciclo de recuperação. Contudo, a filosofia de investimento da gestora é não trabalhar com um cenário único. “Estávamos otimistas, com 80% de exposição à bolsa, mas tínhamos proteção para um cenário de recessão. Foi o que nos salvou”. Na crise, a gestora reduziu exposição em bolsa para 70% e aumentou a exposição em empresas de tecnologia, de olho em hábitos que serão modificados quando a pandemia passar.

Segmentos mais favoráveis

Apesar de ainda pairar muitas incertezas sobre uma segunda onda de contágio do vírus, investidores mais conservadores podem buscar investir em ações de empresas mais resilientes, de forma a evitar surpresas. Essa aplicação deve ser sempre acompanhada pela aplicação de parte da carteira em dólar e ouro, como forma de proteção em um cenário de piora da economia.

Delfim recomenda, entre as varejistas, empresas com Magazine Luíza, que têm varejo mais robusto e podem crescer, apesar de restrições do comércio físico.

O setor de energia elétrica também é uma aposta mais previsível. “Não há queda da demana,  as tarifas são tabeladas e há previsibilidade de custos. Além disso, essas empresas costumam distribuir de 5% a 6% em dividendos. Parece pouco, mas é o triplo do que pagará o CDI em breve”.

O home office forçado de parte dos trabalhadores brasileiros também beneficia as empresas de telefonia, diz a gestora. Na visão dela, a demanda por velocidade de internet tende a aumentar.

 

The post Onde investir no segundo semestre, segundo gestoras de fundos appeared first on Exame.

App Caixa Tem registra mais de 1 hora de espera para fazer transações

O aplicativo Caixa Tem apresentou instabilidade ao longo desta quinta-feira, 2. Para processar uma compra ou um pagamento, o usuário teve de ter paciência e esperar 1 hora para concluir a operação. “Gerou certo desconforto, mas na parte da tarde já houve melhora substancial”, afirma Cláudio Salituro, vice-presidente de TI da Caixa.

O executivo explica que todo o sistema de dados ficou sobrecarregado por causa da virada do mês de junho para julho. “Atualizamos à noite nossas bases de folha de pagamentos tanto do setor público quanto privado, além dos programas assistenciais. Acabou que o processamento dessa memória se estendeu para a manhã de hoje e transbordou para o online”, afirma Salituro, sobre a lentidão nos aplicativos.

“Ou seja, o problema não foi no aplicativo. Agora já saímos do mensal [esse processamento que consome memória e dados do sistema] e voltamos a fazer as entregas com mais tranquilidade.”

Nas redes sociais, os clientes do banco criaram a hashtag #CaixaTemNAOFUNCIONA que chegou a estar entre as mais compartilhadas no Brasil. Eles compartilham a dificuldade de acesso ao aplicativo que teve 143,4 milhões de downloads até hoje. Desde o lançamento do Caixa Tem, 4,46 bilhões de reais foram transacionados em compras por QR Code e débito virtual.

Neste que é o último dia para cadastramento para receber o auxílio emergencial, a Caixa já recebeu 108,9 milhões de cadastros, dos quais 107,7 milhões já foram processados. Ao todo, o banco já creditou 112,5 bilhões de reais do auxílio emergencial a 64,9 milhões de beneficiários. A maior parte dos recursos foi direcionada ao Sudeste (41 bilhões de reais), seguida pelo Nordeste (39,8 bilhões de reais).

The post App Caixa Tem registra mais de 1 hora de espera para fazer transações appeared first on Exame.

Caixa vai financiar custos com cartório e ITBI no crédito para imóveis

A Caixa anunciou nesta quinta-feira (2) que passará a financiar custos cartorários e com ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis) para quem deseja contratar o crédito imobiliário no banco.

Os custos serão incluidos no próprio financiamento do imóvel, diluídos nas parcelas. Os valores são relevantes: podem variar entre 2% a 5% do valor do imóvel, conforme região.

A medida contempla tanto imóveis adquiridos com crédito pelo SBPE quanto oriundos do FGTS. O limite das custas financiáveis é de 5% sobre o valor financiado pelo cliente para operações contratadas com recursos SBPE e, com recursos do FGTS, o limite é de 4%.

O valor total do contrato do cliente (valor relativo à compra do imóvel + financiamento das custas cartorárias e ITBI) deve estar dentro dos limites aprovados, observando a capacidade de pagamento e o valor máximo permitido para o programa em que o mutuário se enquadra.

O objetivo, segundo Pedro Guimarães, presidente do banco, é dar uma folga ao orçamento dos mutuários. Com o fólego, as famílias poderão mobiliar a unidade, por exemplo. A expectativa é que a medida signifique uma liquidez de R$ 2,4 bilhões no orçamento das famílias no segundo semestre do ano.

Outra medida anunciada pelo banco é o registro eletrônico de imóveis, que deve reduzir o tempo para registro da unidade de 45 dias para cinco dias, auxiliando no fechamento do negócio. A plataforma do banco tem parceria com 1.356 cartórios. A medida, contudo, só é válida para contratos vinculados a empreendimentos financiados no banco.

A Caixa já havia anunciado a carência de pagamento de seis meses para a primeira parcela do financiamento do imóvel feito no banco. A medida continua em vigor.

Mesmo após a pandemia o banco aponta que aumentou em 20% a liberação de crédito para imóveis. Em janeiro de 2019 o banco tinha 24,8% do market share de contratação do crédito imobiliário. Esse número dobrou e subiu para 46,4% este ano.

The post Caixa vai financiar custos com cartório e ITBI no crédito para imóveis appeared first on Exame.

Ainda dá tempo de pedir o auxílio de R$ 600. Veja como

Quem ainda não pediu o auxílio emergencial deve se apressar. O prazo para solicitar o benefício encerra às 23h59 desta quinta-feira, 2. Quem for aprovado pelo Dataprev e Ministério da Cidadania receberá todas as parcelas, um total de cinco. Inicialmente proposto para vigorar por três meses, o benefício foi prorrogado por mais dois meses, com o pagamento de mais duas parcelas. 

O cidadão que estava no Cadastro Único até o dia 20 de março e que atende às regras do programa, recebe os pagamentos sem precisar se cadastrar no site da Caixa. Quem é beneficiário do Bolsa Família pode receber o auxílio emergencial, desde que ele seja mais vantajoso. Nesse período, o Bolsa Família de quem recebe o auxílio fica suspenso.

As pessoas que não estão inscritas no Bolsa Família nem no CadÚnico e preenchem os requisitos do programa podem se cadastrar no site auxilio.caixa.gov.br ou pelo aplicativo Caixa | Auxílio Emergencial, disponível nas lojas de aplicativos. Depois de fazer o cadastro, a pessoa pode acompanhar se vai receber o auxílio emergencial, consultando no próprio site ou aplicativo.

Quem não tem acesso aos meios digitais e que necessita de apoio para realizar o pedido pode se dirigir a uma agência dos Correios e fazer o cadastro. Para isso é necessário levar um documento com foto, que conste o nome da mãe do beneficiário, CPF do usuário e dos membros da família que dependem da renda do titular, dados bancários ou documento de identificação para solicitar abertura de conta social digital. Com o pedido feito, a pessoa receberá um protocolo de cadastro ao final do atendimento e, após 10 dias, poderá verificar o andamento da solicitação.

O Ministério da Cidadania já recebeu mais de 124 milhões de solicitações do auxílio emergencial, sendo que cerca de 65 milhões foram considerados elegíveis e 41,59 milhões foram apontados como inelegíveis, por não atenderem aos critérios do programa. Existem ainda quase 17 milhões de inscrições classificadas de inconclusivas – quando faltam informações para o processamento integral do pedido. Quem estiver nessa situação deve refazer o cadastro por meio do site ou aplicativo do programa.

The post Ainda dá tempo de pedir o auxílio de R$ 600. Veja como appeared first on Exame.

Auxílio emergencial começa a ser pago para nascidos em julho e agosto

A Caixa começa a pagar nesta quinta (2) o auxílio emergencial para trabalhadores nascidos em julho e agosto incluídos no primeiro, segundo e quarto lote do benefício.

O banco está pagando a primeira parcela do auxílio para o 4º lote de trabalhadores, a 3º parcela para o 1º lote de trabalhadores e a 2º parcela para o 2º lote de trabalhadores.

No pagamento da terceira parcela do auxílio ao lote 1, beneficiários que receberam a primeira parcela até o dia 30 de abril e não fazem parte do calendário do Bolsa Família, a Caixa disponibilizará mais R$ 19,7 bilhões para 31 milhões de pessoas.

Já o pagamento da segunda parcela do auxílio para o lote 2 de trabalhadores (crédito da parcela 1 realizado entre 16/5 e 29/5) irá atingir 8,7 milhões de beneficiários, que receberão um montante de R$ 5,5 bilhões em benefícios.

O banco creditará o quarto lote da parcela 1 do auxílio emergencial para 1,1 milhão de beneficiários. No total, a Caixa disponibilizará, no lote 4, cerca de  R$ 700 milhões.

Veja abaixo o calendário de crédito em conta digital:

Calendário do auxílio – Crédito digital lote 1, 2 e 4Caixa/Reprodução

O calendário de crédito e saque termina no dia 19 de setembro e não inclui apenas a segunda parcela para o lote 3 (trabalhadores que já receberam a primeira parcela no mês de junho), mas logo esse lote também será adicionado ao grupo. A expectativa é que estes trabalhadores recebam o pagamento nesta semana.

Mesmo para quem indicou contas em outros bancos o recebimento inicial do valor será pela conta poupança social digital. Foi uma forma de o banco evitar aglomerações nas agências antes do período para saques, pois muitas pessoas mandavam dinheiro para contas da Caixa e sacavam no banco. 

O beneficiário que recebe pela poupança social digital pode emitir o cartão de débito virtual para compras pela internet em sites e aplicativos que aceitam débito. A emissão do cartão é gratuita e a compra é debitada diretamente da conta, sem precisar sair de casa.

Veja agora o calendário para saque do dinheiro e redirecionamento para a conta no banco indicada no momento do cadastro:

Calendário consolidado Auxílio Lotes 1,2 e 4Caixa/Reprodução

Nas datas indicadas acima, havendo eventual saldo existente, o valor será transferido automaticamente para a conta que o beneficiário indicou, sendo poupança da Caixa ou conta em outro banco.

A Caixa realizou parcerias com prefeituras de 1280 cidades para a sinalização e organização das filas para facilitar a triagem fora das agências.

The post Auxílio emergencial começa a ser pago para nascidos em julho e agosto appeared first on Exame.

Caixa Econômica supera R$1 bilhão em crédito pelo Pronampe

A Caixa Econômica Federal informou nesta quarta-feira que já concedeu um bilhão de reais em empréstimos por meio do Pronampe, linha de crédito emergencial apoiada pelo governo federal para empresas de pequeno e médio portes.

Segundo o banco estatal, o principal operador da linha, mais de 16 mil empresas fecharam negócio com o banco desde o dia 16, data do início da operação da linha que tem condições distintas de prazo e taxas de juros, além de garantias pelo governo federal, para apoiar empresas e empreendedores individuais afetados pelos efeitos econômicos da pandemia do coronavírus.

The post Caixa Econômica supera R$1 bilhão em crédito pelo Pronampe appeared first on Exame.

Confira o resultado do sorteio 2.275 da Mega-Sena

Nenhum apostador acertou os seis números da Mega-Sena sorteados pela Caixa nesta quarta-feira, 1. A estimativa do prêmio era de R$ 23 milhões.

As dezenas sorteadas no concurso 2.275 foram: 02 04 25 36 50 53.

Além do ganhador do prêmio principal, 51 apostas acertaram os números da quina e vão receber 43.339,89 reais cada uma. Além disso, a quadra também foi sorteada para 3212 apostas, que vão levar 983,06 reais cada uma.

O sorteio foi realizado no Espaço Loterias Caixa, no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo.

O próximo concurso (2276) será sorteado no sábado, 4, e tem como estimativa pagar 27 milhões de reais a quem acertar os seis números.

As apostas podem ser feitas até às 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa em todo o país, pela internet e também pelo aplicativo Loterias Caixa, para iPhone. A aposta simples, com seis dezenas, custa 4,50 reais.

The post Confira o resultado do sorteio 2.275 da Mega-Sena appeared first on Exame.

Procon-SP notifica Enel por reajustes de até 30% na conta de luz

O Procon-SP quer que a distribuidora de energia elétrica Enel explique as cobranças das contas de luz dos meses de março, abril e maio e por qual motivo foram baseadas na média dos doze meses anteriores.

Consumidores estão reclamando de contas em valores muito acima do esperado, só no mês de junho foram registradas contra a empresa 12.648 reclamações de cobrança abusiva.

A Enel deverá esclarecer por que não foi possível fazer a leitura presencial, tendo feito as cobranças pela média de consumo; em que consistiu essa impossibilidade de leitura pelo método tradicional; de que forma o estado de calamidade pública impediu as leituras de março a maio, mas não impediu em junho, sendo que ainda vigora o estado de calamidade pública; e se a leitura não presencial implicou em redução de custos para a empresa.

A concession[aria deverá ainda apresentar documento em que a ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) determina a cobrança pela média.

Distribuidoras de energia elétrica e outras concessionárias de serviços essenciais que operam no Estado de São Paulo mantiveram, no período de março a maio, a cobrança feita da forma tradicional.

“Se a opção da Enel de cobrar pela média foi decorrente de uma política de redução de custos ou de prevenção da saúde de seus funcionários, essa conta não poderá ser repassada aos consumidores. A cobrança poderá ser considerada abusiva e deverá ser cancelada com a devida devolução dos valores”, afirma o secretário de defesa do consumidor, Fernando Capez.

Os esclarecimentos deverão ser prestados em até 48 horas. O consumidor que tiver dúvidas ou problemas referentes as suas contas de energia elétrica e não conseguiu um retorno satisfatório da empresa, pode procurar o @proconsp, que disponibiliza canais de atendimentos à distância: no site, aplicativo – disponível para Android e iOS – ou via redes sociais

The post Procon-SP notifica Enel por reajustes de até 30% na conta de luz appeared first on Exame.

Mercurius Report #04

A euforia e estabilidade
que estávamos observando no mercado de capitais foi trocada por medo e
angústia
por parte dos investidores em relação a uma segunda onda de
casos do COVID-19 pelo mundo.

Após Estados Unidos, China e
Austrália registrarem casos crescentes de coronavírus, o risco de um
novo lockdown nesses países se tornou real e desanimou o mercado,
apesar dos diversos incentivos econômicos que o Fed vem realizando.

Acompanhando os principais
índices do mundo, o Bitcoin também desvalorizou nos últimos sete dias cerca
de 5%,
chegando a atingir valores abaixo dos 9.000 USD no final de
semana.

Isso fez com que a correlação
entre a criptomoeda e o S&P 500 voltasse a crescer no curto prazo, o
que sinaliza que a criptomoeda, no curto prazo, se comporta como um ativo de
risco em momentos de estresse do mercado.

Tal
movimento foi refletido nos principais indicadores técnicos do mercado. O
Bitcoin formou topo em seu gráfico semanal, em movimento semelhante ao
de outubro de 2019, o que pressupõe, pelo seu histórico, uma queda na
região dos 7.000 USD.

Essa conclusão é reforçada pelo volume
de contratos em aberto
. Desde o último topo formado pelo BTC em um gráfico
semanal (o do dia 07/06), o volume de contratos abertos para short subiu
aproximadamente 3,5% e para long caiu 25%.

Entretanto, não há nada definido
em relação ao preço do ativo, visto que com a baixa volatilidade da criptomoeda
(atingiu a menor volatilidade mensal e semanal do ano nessa semana), ocorreu
uma redução considerável no volume de Bitcoins operados, o que
pode facilitar uma eventual manipulação de mercado e, consequentemente,
desconfigurar os indicadores técnicos.

Para saber mais das perspectivas de mercado, baixe o relatório completo, de forma gratuita, o Mercurius Report #04.

The post Mercurius Report #04 appeared first on Foxbit .

Enviou o Imposto de Renda com erros? Veja como retificar a declaração

Quem enviou a declaração do Imposto de Renda até esta terça-feira (30), mas cometeu erros ou esqueceu de incluir informações, pode fazer uma declaração retificadora, sem pagar multa por atraso. 

É possível retificar uma declaração até cinco anos após sua entrega, mas o ideal é fazer a retificação o quanto antes, para evitar cair na malha fina. 

O contribuinte pode fazer quantas declarações retificadoras achar necessário. Porém, os especialistas recomendam cautela na hora de preencher o programa. Um número excessivo de retificações pode despertar suspeitas da Receita e, ao invés de ajudar a escapar, levar a declaração para a malha fina.

Passo a passo

Faça a retificação no mesmo programa de preenchimento da declaração original. Basta abri-lo e selecionar a declaração que será corrigida. Abra a ficha “Identificação do Contribuinte” e selecione o item “Declaração Retificadora”.

Em seguida, informe o número do recibo da declaração a ser retificada. O número possui 12 dígitos. Não coloque pontos nem traço. Se você não tiver o número do recibo, pode recuperá-lo acessando o menu “Imprimir” na barra do lado esquerdo do programa. Caso você já tenha feito uma ou mais retificações do IR, utilize o número do recibo da retificação mais recente.

Depois, basta alterar a informação que deve ser corrigida e clicar no botão “Entregar declaração”, no canto inferior esquerdo da tela. Guarde uma cópia da declaração retificadora e do recibo de entrega.

A data da declaração retificadora se sobrepõe à data da declaração original. Ou seja, quem se adiantou para enviar a declaração original, mas precisou fazer uma declaração retificadora, perde a vantagem de receber a restituição mais cedo. 

Como retificar declarações antigas

É possível retificar as declarações de Imposto de Renda dos últimos cinco anos. Quem era obrigado a declarar nesses anos e cometeu erros ou esqueceu de incluir informações precisa fazer a retificação. 

Para fazer ou corrigir declarações de anos anteriores, você precisa instalar no seu computador os programas específicos de preenchimento para cada ano, disponíveis no site da Receita. Também precisa do número do recibo da declaração original (ou da última retificação, se houver) do ano que será corrigido, além do arquivo digital com a declaração preenchida. 

Você também pode fazer a declaração retificadora diretamente no Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte da Receita (e-CAC), sem precisar instalar programas no computador. Contudo a retificação online possui algumas restrições. É necessário possuir certificado digital ou gerar um código de acesso ao sistema para entrar no e-CAC.

Quem tem certificado digital pode corrigir qualquer campo das declarações dos últimos cinco anos, mesmo que a Receita não tenha apontado problemas nessas declarações. Já quem usa o código de acesso só consegue fazer a retificação online de declarações que apresentam alguma pendência. Nesse caso, só é possível corrigir algumas informações, como rendimentos tributáveis e deduções.

The post Enviou o Imposto de Renda com erros? Veja como retificar a declaração appeared first on Exame.